M
Logo Portal da BIDS

© 2024 CityPubli

Logo Portal da BIDS
Logo Portal da BIDS

NOTÍCIAS

ABIMDE encerra participação na Eurosatory 2024

Maior evento mundial de defesa terrestre e aérea termina em Paris A Eurosatory, a maior feira mundial de defesa terrestre e aérea, encerra hoje sua edição de 2024 em Paris. A edição deste ano reuniu o setor de defesa e segurança, apresentando uma ampla gama de...

MBDA na Eurosatory: Protagonismo e Inovação em Defesa

Para o Brasil, empresa expande horizontes por meio de cooperações industriais A participação da MBDA na Eurosatory reforçou o comprometimento e a eficiência do grupo europeu em oferecer soluções de defesa soberanas para atender todas as Forças Armadas. A feira, um...

Operação “Lançamento de Armas”: Marinha testa o seu poder de combate

Exercício ocorreu no litoral do Rio de Janeiro e contou com lançamento de mísseis e bombas A Marinha do Brasil (MB) conduziu, entre os dias 15 e 18 de junho, a Operação “Lançamento de Armas II/2024”, mobilizando navios e aeronaves da Esquadra, no litoral entre as...

Akaer debate transformação digital no SciBiz Conference 2024

O vice-presidente de Operações da Akaer, Fernando Ferraz, participou nesta quarta-feira (20) de um dos painéis principais do SciBiz Conference 2024, maior conferência de ciência e negócios da América Latina. O evento acontece nesta semana na USP, em São Paulo, com a...

EDGE e Thales anunciam uma parceria estratégica para o desenvolvimento e fabricação de comunicações por rádio nos Emirados Árabes Unidos

– A EDGE e a Thales assinaram uma declaração de intenções para colaborar no desenvolvimento de rádios definidos por software nos Emirados Árabes Unidos. – Espera-se que a parceria desenvolva e produza novas soluções no domínio das comunicações por rádio. Abu Dhabi,...

Especialistas manifestam preocupação com a Base Industrial de Defesa

A Base Industrial de Defesa desempenha papel fundamental na proteção das fronteiras e na defesa do território nacional, garantindo a soberania e a integridade do país. Em audiência pública realizada nesta terça-feira, 18, pela Comissão de Relações Exteriores e de...

Kryptus inaugura laboratório avançado de cibersegurança e defesa pioneiro na América Latina

Pioneiro na América Latina, LabSCA investiga vulnerabilidades de hardware que podem ser exploradas em ataques cibernéticos A Kryptus, multinacional brasileira especializada em soluções de segurança cibernética e defesa, inaugurou recentemente o Laboratório Avançado de...

Importância da Energia Nuclear é tema em Audiência Pública no Congresso Nacional

Evento foi uma oportunidade para fortalecer a colaboração entre a Marinha e atores do Setor Nuclear O Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha (DGDNTM), Almirante de Esquadra Alexandre Rabello de Faria, representando a Marinha do Brasil,...

Militares realizam estágio de operações aeromóveis na Amazônia

Na última semana, o Exército Brasileiro celebrou a conclusão do Estágio de Operações Aeromóveis de 48 militares que integram o Comando Militar da Amazônia (CMA). O estágio, que contou com a participação de integrantes de diversas organizações militares, foi...

Indústria nacional em destaque na Eurosatory 2024

Exposição global de defesa e segurança reforça compromisso com inovação tecnológica Começou a Eurosatory 2024, a principal exposição global de Defesa e Segurança, realizada no Centro de Exposições Paris-Nord Villepinte, em Paris, até o dia 21 de junho. O evento reúne...

O evento foi realizado no período de 3 a 7/06

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) sediou, no período de 3 a 7/06, a primeira edição de 2024 da Reunião Geral do Grupo de Interfaces de Lançamento (RG-GIL). O evento aconteceu no Salão Nobre do Centro Técnico do CLA e foi presidido pelo Chefe do Subdepartamento Técnico do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (SDT/DCTA), Brigadeiro do Ar Eduardo Alexandre Bacelar, que, na ocasião, foi recepcionado pelo Diretor do CLA, Coronel Aviador Clóvis Martins de Souza.

Estiveram presentes na reunião representantes de diversos órgãos governamentais, como o Assessor Especial do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA/MD), Brigadeiro do Ar Adriano Beraldo Andrade, integrantes da Agência Espacial Brasileira (AEB), Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), Comando de Comunicação e Guerra Eletrônica do Exército Brasileiro (CcomGex), entre outras organizações do COMAER, tais como o Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), o Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), a Comissão de Coordenação e Implantação de Sistemas Espaciais (CCISE), o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), o Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) e o Instituto de Estudos Avançados (IEAv).

Durante os trabalhos, foram abordados diversos temas afetos às operações de lançamento, como a situação e as necessidades dos meios operacionais e infraestrutura dos elos que compõem o GIL, atualidades orçamentárias, lições aprendidas sobre a performance nas operações bem-sucedidas, como a Astrolábio, questões sobre defesa, monitoramento, segurança orgânica e de voo, atualização das legislações e dos programas de pertinência, com especial enfoque à Lei de Atividades Espaciais e à sistemática de investigação de Ocorrências Espaciais. Ainda na ocasião, os membros convidados do GIL também realizaram exposições tópicas, com destaque para os programas institucionais como o da AEB, sob o título “Visão de Futuro”, além de apresentações sobre o atual status de projetos de grande relevância, como o VLM-1, VS-50, Prophiper, PSM-R e afins.

O Diretor do CLA, Coronel Clóvis, salientou a satisfação de todo o Centro em receber cada membro e de sediar esta primeira edição do ano da RG-GIL, bem como as expectativas quanto às implicações práticas que os frutos de um Grupo de Interfaces podem proporcionar à atividade-fim dos Centros de Lançamentos. “É com imenso prazer que recebemos a todos os membros nesta edição do GIL, representantes das organizações e instituições que fomentam o Programa Espacial Brasileiro, ao tempo em que temos a certeza de que os resultados do nosso trabalho conjunto já possuem o condão, não apenas de planejamento e gestão eficazes, mas principalmente da aplicação final eficiente.”, ressaltou o Diretor.

Um dos temas áureos do GIL foi reservado para a apresentação da concepção “Complexo Espacial Brasileiro – CEBRA”, um conceito que engloba não apenas os Centros de Lançamentos, como toda a infraestrutura de instalações, logística e de pessoal já disponíveis no território brasileiro, e aquelas ainda em fase de implementação, além de todos as interfaces de lançamento, essenciais ao sucesso do Programa Espacial Brasileiro (PEB), cuja apresentação foi realizada pelo Adjunto da Quarta Seção da Terceira Subchefia do EMAER, Major Engenheiro Kleiffer de Sousa Cunha.

“O GIL é uma excelente oportunidade de reunir os diversos atores do Programa Espacial Brasileiro, para juntos deliberarmos sobre o status atual de nossos meios, projetos e infraestrutura, de modo que prossigamos às práticas mais eficientes de governança e gestão que garantam o sucesso de nossas operações por meio da interação entre cada um de nossos membros, cujas contribuições são sempre fundamentais para que esta edição da RG-GIL alcance a plenitude dos objetivos delineados, os quais devem, por excelência, convergir para o sucesso do nosso futuro CEBRA.”, ressaltou o Brigadeiro Bacelar, o Presidente do GIL.

Ao término das atividades, em suas considerações finais, o Brigadeiro Bacelar sintetizou o significado da importância da RG-GIL no cenário aeroespacial brasileiro, bem como a satisfação pelos resultados aferidos. “Essa contribuição a que cada um de nós aqui se propôs, em termos de conhecimento e de experiência, consubstancia o fundamento garantidor não apenas da implementação propriamente dita do CEBRA, como uma realidade presente, mas também como uma constante inovadora do PEB, nessa nossa nobre missão de preparar, lançar e rastrear.”, concluiu o Presidente do GIL.

Sobre as Interfaces de Lançamento

De acordo com a ICA 60-1/2022, uma Operação de Lançamento, como aquelas realizadas pelo CLA, normalmente envolve diferentes Interfaces Organizacionais, Setoriais e Técnicas que precisam interagir e trabalhar de forma harmônica e coordenada para atingir os objetivos da Operação. Essas são denominadas como Interfaces de Lançamento. Dessa forma, o GIL foi criado com o propósito de viabilizar a necessária coordenação sistemática das Interfaces de Lançamento e de tratar dos assuntos técnicos e operacionais afetos e que influenciam às Operações de Lançamento do DCTA.

Fotos: Soldados G. Almeida, Paulo  Henrique,  C. Mendes / CLA

As informações são da Força Aérea Brasileira.

Translate»