M
Logo Portal da BIDS

© 2024 CityPubli

Logo Portal da BIDS
Logo Portal da BIDS

NOTÍCIAS

FAB lança campanha institucional: “A Nossa Força onde o Brasil precisar”

O objetivo é ressaltar a prontidão da Força Aérea e a sua importância para a sociedade Com a missão constitucional de "manter a soberania do espaço aéreo e integrar o território nacional, com vistas à defesa da Pátria", a Força Aérea Brasileira (FAB) desempenha um...

FAB participa da 3ª Conferência Espacial das Américas no EUA

O evento contou com a participação de militares do Centro de Operações Espaciais (COPE), que é subordinado ao Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de representantes de países das Américas e de organizações norte-americanas ligadas à área espacial   A Força...

Oficiais da Marinha do Brasil capacitam militares mexicanos para operações de paz da ONU

Militares brasileiras integraram Equipe Móvel de Treinamento do COpPazNav O Centro de Operações de Paz de Caráter Naval (COpPazNav), da Marinha do Brasil, enviou ao México uma Equipe Móvel de Treinamento (EMT), composta pelas Capitães de Mar e Guerra (Quadro Técnico)...

Exército conclui transporte de viaturas e armamentos para a fronteira norte

O Exército Brasileiro concluiu o transporte das viaturas e armamentos para reforço da defesa da fronteira norte do país. No último sábado, 10, o Comando Militar da Amazônia (CMA) encerrou as atividades da Operação Roraima, uma grande mobilização logística que envolveu...

Apronto operacional reúne capacidades da Força de Prontidão no Sul do Brasil

Uma verificação do aprestamento individual e coletivo dos efetivos que compõem a Força de Prontidão (FORPRON) da 6ª Brigada de Infantaria Blindada foi realizada na primeira semana de fevereiro. O apronto operacional reuniu cerca de mil militares e 200 viaturas, com...

Apoio do BNDES à inovação alcança R$ 5,3 bi em operações aprovadas em 2023

Valor foi o maior dos últimos cinco anos e representa um aumento de 132% em relação ao total aprovado em 2022, sendo de 181% se consideradas apenas operações diretas Crescimento foi impulsionado pelo programa BNDES Mais Inovação, lançado em setembro, que tem custo...

Pesquisa do ITA com uso operacional de Inteligência Artificial é destaque

Publicação é o resultado de um estudo desenvolvido no Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais Artigo desenvolvido por um pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Aplicações Operacionais (PPGAO) do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) foi destaque...

GLO: Com PF e RFB, FAB intensifica combate ao tráfico de ilícitos no carnaval

Ações interagências ocorrem nos aeroportos do Galeão (RJ) e de Guarulhos (SP) Com o objetivo de combater o tráfico de ilícitos no período de Carnaval, foram intensificadas as ações interagências entre a Força Aérea Brasileira (FAB), a Receita Federal do Brasil (RFB) e...

Brasil e Paraguai atuam em cooperação no combate ao crime transnacional

A Operação Ágata Fronteira Oeste II completou 90 dias no início de fevereiro, atingindo a marca de quase 130 milhões de reais em apreensões de drogas e outros ilícitos decorrentes de crimes transnacionais e ambientais. Desde o dia 29 de janeiro, o Brasil conta com a...

Diretor-Geral do Material da Marinha realiza apresentação em plenária da ABIMDE

O Almirante de Esquadra Edgar Luiz Siqueira Barbosa destacou os “Projetos Estratégicos da Marinha e Oportunidades para a Base Industrial de Defesa” No último dia 06 de fevereiro, a Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE)...

Uma aeronave C-130 da Força Aérea Colombiana foi equipada com sistemas da FAB de combate à incêndios

204 incêndios por mês – cerca de oito por dia! Centenas de pessoas atingidas! Essa é a situação de desastre natural que assola a Colômbia depois que os incêndios florestais atingiram todo o país. Em meio a essa crise ambiental sem precedentes, a Força Aérea Brasileira (FAB) realizou uma missão de colaboração com a Força Aérea Colombiana (FAC).

Logo que acionada, no dia 31/01, a FAB, reconhecendo a magnitude do desastre, mobilizou uma aeronave KC-390 Millenium, operada pelo 1º Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) – Esquadrão Zeus, para participar dessa missão. A aeronave multimissão decolou da Base Aérea de Anápolis (BAAN) – equipada com o Sistema Modular Aerotransportável de Combate a Incêndios (MAFFS II, sigla em inglês para Modular Airborne Fire Fighting System), essencial para realizar ações de Combate a Incêndio em Voo – com destino à Base Aérea do Galeão (BAGL).

 

 

Na capital do Rio de Janeiro, uma aeronave C-130 da FAC estava à espera da aeronave brasileira para assim ser equipada com o sistema MAFFS I da FAB e seguir de volta ao aeroporto colombiano de El Dorado (SKBO), o maior e mais importante da Colômbia, para, então, iniciar o combate aos incêndios que apresentam focos em diversas áreas do país.

A bordo, encontravam-se militares do efetivo da BAAN e da BAGL que participaram do processo de preparação e testes do Sistema MAFFS na aeronave colombiana, cuja coordenação ficou a cargo da Segunda Subchefia do Estado-Maior da Aeronáutica e do Comando de Operações Aeroespaciais. O transporte do Sistema viabiliza que a Colômbia eleve suas capacidades de combate a incêndios florestais, sendo um importante aliado para a preservação das florestas, como por exemplo, a Floresta Amazônica existente nos territórios dos países.

O Primeiro Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte (1º/1º GT) – Esquadrão Gordo, também ficou responsável pela instalação dos equipamentos a serem enviados à Colômbia. De acordo com o Comandante do Esquadrão Gordo, Tenente-Coronel Umile Coelho Rende, o sistema pode ser rapidamente instalado ou removido do compartimento de carga da aeronave, uma vez que sua estrutura foi projetada de forma a tornar eficiente sua instalação e a desinstalação na aeronave, o que leva em torno de 3 horas para a completa montagem ou desmontagem do vetor aéreo. Para essa missão, o conjunto de proteção ambiental disponibilizado tem 16 metros de comprimento e capacidade para o lançamento de 12.000 litros de água e retardante de fogo.

“O sistema foi instalado na aeronave C-130 da Colômbia com o suporte da Base Aérea do Galeão. As conexões elétricas e estruturais do aparelho foram adaptadas de forma a compatibilizar o equipamento brasileiro com o avião estrangeiro, além disso, uma equipe de técnicos da FAB prestou todo o apoio às operações de solo da aeronave e do equipamento e seguiu a bordo da aeronave para prestar todo o auxílio caso fosse preciso”, explicou o Comandante do 1º/1º GT.

Já o Comandante da aeronave KC-390 empregada na missão, Major Aviador Anderson Dias, destacou que participar desta ação ratifica a vocação do 1º GTT em realizar transportes com pronta resposta, auxiliando em demandas nacionais e internacionais. “Essa missão demonstra as capacidades, por meio do KC-390, de suportar demandas de cooperação entre o Brasil e seus países vizinhos sempre que necessário, sendo motivo de grande orgulho para nós tripulantes”, explica.

 

 

MAFFS II

O Sistema Modular Aerotransportável de Combate a Incêndios projeta a água pela porta lateral na fuselagem, permitindo manter o interior da aeronave pressurizada, ou seja, sem comprometer sua performance.

Entre as principais características do sistema MAFFS II, estão o baixo custo de manutenção, rápida configuração e flexibilidade multimissão, podendo ser utilizado no combate a incêndios, derramamento de produtos químicos, contaminação nuclear, radiológica e biológica, entre outros.

Por possuir esse sistema, a FAB faz parte do rol das Forças Aéreas capazes de realizar grandes missões de combate à incêndios, assim como já ocorreu em 2023, quando auxiliou no combate aos incêndios florestais que atingiram a cidade de Concepción, no Chile, zona centro-sul do país. A operação contabilizou o lançamento de 636 mil litros de água e mais de 40 horas de voo.

Atualmente, essa colaboração não apenas reforça os laços entre Brasil e Colômbia, mas também evidencia a necessidade de uma pronta-resposta para desafios ambientais. A situação na Colômbia serve como um alerta para a urgência de ações coordenadas e eficazes em escala internacional para preservar o meio ambiente.

Fotos: 1º/1º GT e Célula de Gestão Documental e Apoio do 1º GTT.

As informações são da Força Aérea Brasileira.

Translate»