M
Logo Portal da BIDS

© 2024 CityPubli

Logo Portal da BIDS
Logo Portal da BIDS

NOTÍCIAS

Caça F-39 Gripen da Força Aérea está exposto no Aeroporto de Brasília

A réplica em tamanho real do caça multimissão da Força Aérea Brasileira (FAB) ficará aberta à visitação de 18 de abril a 02 de maio, no Aeroporto Internacional Já imaginou vivenciar a experiência de entrar no cockpit (cabine de pilotagem) do F-39 Gripen, aeronave...

CMA fortalece parceria entre Forças Armadas e PIM para impulsionar negócios no segmento de defesa

O Núcleo de Estudos Estratégicos do CMA (Comando Militar da Amazônia) realiza nesta quarta-feira, (17), um Seminário com enfoque nas possibilidades para as empresas localizadas no PIM (Polo Industrial de Manaus) no âmbito da BID (Base Industrial de Defesa). O evento...

COMGAP apresenta sua missão para ABIMDE e associadas

Evento destaca cooperação estratégica e perspectivas de aquisições para a Força Aérea Brasileira A Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança participou, no dia 17 de abril, de um evento promovido pelo Comando-Geral de Apoio (COMGAP), em...

ABIMDE promove workshop para debater os impactos da Reforma Tributária

Debate liderado por renomados advogados irá esclarecer questões sobre o cenário tributário brasileiro. No dia 24 de abril, quarta-feira, às 10h, a Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE) promoverá o terceiro encontro do Ciclo...

Investimentos em defesa irão gerar 130 mil empregos até 2030, diz ministro em audiência pública na Câmara dos Deputados

Nesta quarta-feira (17), o Ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, participou de audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF), a convite da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (Credn). A participação atendeu a pedido dos Deputados...

Ministério da Defesa e Forças Armadas defendem previsibilidade orçamentária na Câmara dos Deputados

Comandante da Marinha alerta para a desativação de 40% dos meios navais até 2028 Convidados pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados (CREDN), o Ministro da Defesa e os Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica...

Comandante do Exército na França e Polônia

Na última semana, o Comandante do Exército esteve em visita à Europa, onde se reuniu com autoridades do ao Exército Francês e do Exército da Polônia, em uma série de atividades para aumentar a cooperação e interoperabilidade entre as forças armadas das nações amigas....

Comandante apresenta desafios e realizações do Exército em Comissão de Defesa Nacional da Câmara

O Comandante do Exército Brasileiro, General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, apresentou os desafios e realizações do Exército em audiência pública da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados. A reunião também contou com a participação...

Ministro da Defesa pede ajuda e propõe novas relações com a CREDN

Em reunião que durou mais de cinco horas, José Mucio Monteiro pediu ajuda aos membros da CREDN para que as Forças Armadas não paralisem seus projetos estratégicos. Ele também cobrou previsibilidade orçamentária. O ministro da Defesa, José Mucio Monteiro, pediu ajuda...

Marrocos quer o apoio do Brasil por parceria com a ZOPACAS

A empresa marroquina OCP, maior produtora mundial de fertilizantes fosfatados e líder em nutrição de plantas, está presente no Brasil desde 2009 e tem estratégia de expansão de investimentos diretos no país. Duas fábricas da empresa estão sendo construídas no Maranhão...

O Major-Brigadeiro do Ar Maurício Augusto Silveira de Medeiros assumiu, na sexta-feira (4), o cargo de Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), em São José dos Campos (SP). O Tenente-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, que ocupava o posto, assumirá em breve a Chefia de Assuntos Estratégicos do EMCFA (Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas). A ABIMDE, por meio do seu 1º Vice-Presidente, Fernando Ikedo, teve a honra de acompanhar a cerimônia de transmissão realizada no Campus do DCTA, nesta manhã.

Ikedo enalteceu o excelente trabalho realizado pelo Tenente-Brigadeiro Potiguara à frente do DCTA e desejou sucesso aos dois oficiais da Força Aérea Brasileira em seus novos desafios.

Embaixador

O 1º Vice-Presidente da ABIMDE, Fernando Ikedo, recebeu na sexta-feira (25) a visita do Embaixador da Argélia no Brasil, Rachid Bladehaven. O encontro aconteceu na sede da Associação, em São Paulo (SP).

O Embaixador Bladehane tinha como objetivo conhecer as capacidades da indústria de Defesa e Segurança do Brasil para avaliar eventuais oportunidades de cooperação com a Argélia no futuro.

Ikedo fez uma breve apresentação sobre as atribuições da ABIMDE e na sequência destacou o potencial tecnológico e a diversificação de produtos fabricados pela BIDS (Base Industrial de Defesa e Segurança) nacional. Ele ainda entregou ao embaixador um guia com informações das associadas da ABIMDE.

“Esse encontro foi importante porque muitas associadas da ABIMDE têm interesse em uma aproximação com as indústrias e com o governo da Argélia, visando novas oportunidades de parcerias e negócios”, disse Ikedo.

Também participaram da reunião a Analista de Relações Institucionais da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, Elaine Prates, e o Coordenador de Projetos da ABIMDE, Adriano Augusto.

Exportações

As metas de exportações da BIDS (Base Industrial de Defesa e Segurança) brasileira foram destaque no Shephard Media, portal internacional especializado em serviços de informações comerciais para o setor de Defesa.

Reportagem de Wilder Alejandro Sanchez, com colaboração da jornalista Flavia Camargos, destacou os países que serão alvo do novo convênio entre a ABIMDE e a Apex-Brasil. Leia a íntegra da reportagem em inglês neste link e abaixo o texto em livre tradução.

“O Brasil tem planos ambiciosos para sua indústria nacional de defesa. As exportações de defesa atingiram cerca de US$ 1,5 bilhão em 2021, com metas de atingir entre US$ 4,5 bilhões e US$ 6 bilhões no futuro.

Nesse contexto, o governo brasileiro e as indústrias de defesa identificaram vários países como potenciais clientes para sua tecnologia de defesa. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Defesa e Segurança (ABIMDE), as perspectivas incluem Colômbia, Egito, Índia, Indonésia, Mauritânia, Filipinas, Catar, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Uma reunião realizada em 19 de janeiro, entre representantes do governo brasileiro, da ABIMDE e da Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), discutiu atividades estratégicas para promover as exportações de defesa e segurança nesses mercados para o período 2022-2023.

A Colômbia é o único estado latino-americano na lista. Não é estranho à tecnologia de defesa brasileira, pois a Força Aérea Colombiana já opera aeronaves Embraer EMB-314 Super Tucano.

Um representante da ABIMDE explicou à Shephard que a Colômbia “realizou grandes investimentos para fortalecer suas forças armadas”, e que existem “fatores geográficos e culturais” que facilitariam as exportações brasileiras.

Dados os desafios de segurança interna que a Colômbia enfrenta e suas tensões com a vizinha Venezuela, o Brasil poderia oferecer radares e sistemas terrestres, como veículos blindados 6×6 VBTP-MR Guarani ao exército colombiano.

Quanto à Índia, Catar, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, o interesse brasileiro é compreensível, dado os expressivos orçamentos de defesa desses países. O Brasil poderia encontrar interesse entre esses militares pelo Embraer KC-390 (embora a Força Aérea Brasileira tenha reduzido sua necessidade original de 28 dessas aeronaves de transporte).

A menção à Indonésia reflete os esforços brasileiros anteriores para vender dois submarinos da classe Tupi Tipo 209/1400 para a Marinha da Indonésia.

A Mauritânia e as Filipinas não costumam ser associadas à política externa brasileira, embora o responsável da ABIMDE tenha explicado que essas nações foram “destacadas em pesquisas realizadas na base industrial de defesa brasileira”.

Para as forças de defesa sem dinheiro com ameaças de segurança interna, o Brasil poderia oferecer o Guarani, o veículo leve multifunção 4×4 Iveco LMV-BR ou o Super Tucano; também de interesse poderia ser o veículo blindado VBR MSR EE9-Cascavel, que o Exército Brasileiro está procurando substituir, com desconto.

Além disso, essas forças armadas podem estar interessadas em armas pequenas, como rifles de assalto produzidos pela Taurus.

Um acordo com a Mauritânia ajudaria o Brasil a expandir sua presença na África. O país já tem uma relação de defesa com a África do Sul e vendeu Tucanos para a Nigéria por meio do programa FMS dos EUA.

Falando a Shephard, Scott Morgan, analista de assuntos de defesa da África e presidente da consultoria estratégica Red Eagle Enterprises, explicou que “a África Ocidental está procurando diversificar seus fornecedores de tecnologia de defesa, pois as relações com os Estados Unidos e as antigas potências coloniais se azedam”.

Como resultado, há espaço para novos fornecedores, como Brasil e Turquia, preencherem essa lacuna, acrescentou Morgan, observando que a Mauritânia é suscetível ao terrorismo islâmico devido à sua proximidade com Mali. ”

Confira todas as novidades das empresas da BIDS

Fique informado sobre as ações das nossas Forças Armadas e de segurança

.

Translate»