M
Logo Portal da BIDS

© 2022 CityPubli

Logo Portal da BIDS
Logo Portal da BIDS

NOTÍCIAS

BIDS: MD estima aporte de R$ 1,2 bi em projetos estratégicos

A Federação das Indústrias (FIESC) promoveu na última sexta-feira (20) reunião integrada das câmaras setoriais Metalmecânica e Smart Cities e do Comitê da Indústria de Defesa (Comdefesa). O encontro integrou a programação da da 2° edição da SC Expo Defense, que...

Cooperação: Brasil e França debatem ação conjunta no âmbito da Defesa

Militares do Brasil e da França participaram, no período de 16 a 18 de maio, da XVª Reunião entre os Estados-Maiores de Defesa. O principal objetivo do evento, que aconteceu na sede do Ministério da Defesa francês, em Paris, foi debater o Plano de Cooperação Bilateral...

Elon Musk: Ministro da Defesa destaca proteção da Amazônia em encontro com empresário 

Na última sexta-feira (20), o Ministro da Defesa, Paulo Sérgio, participou do evento "Conecta Amazônia", realizado em São Paulo, e promovido pelo Ministério das Comunicações. No encontro, esteve presente o Presidente da República, Jair Bolsonaro, e o empresário Elon...

ABIMDE: Presidente Executivo realiza palestra na SC Expo Defense

Nesta sexta-feira tivemos o segundo e último dia da SC Expo Defense, feira de tecnologias e produtos de defesa organizada pela (FIESC), em Florianópolis. A ABIMDE esteve no evento representando a BIDS, apresentando o potencial do setor. O evento contou com a...

Mostra BID é evidenciada em evento de posse da nova diretoria da ABIMDE

A Mostra BID Brasil foi destaque no evento que empossou os Conselhos Diretor e Fiscal da ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) , para o triênio 2022-2024, no Clube Naval de Brasília. Em seu discurso, o Presidente do Conselho...

Furnas: Mais de 700 militares da Marinha realizam adestramento

Mais de 700 militares da Marinha do Brasil estão reunidos até o dia 18 de maio, na região de Furnas (MG), para o Adestramento de Operações Ribeirinhas (AdestOpRib). O objetivo principal do exercício é manter a condição de pronto emprego e a capacidade expedicionária...

COMAE realiza operação de controle do SGDC, no Rio de Janeiro (RJ)

O Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), por meio do Centro de Operações Espaciais (COPE), realizou de quarta (11/05) até esta sexta-feira (13/05), a operação de controle do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), a partir do Centro...

CNI: Confiança aumentou em 14 setores da indústria

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) por setor, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostra os impactos da incerteza sobre a regularização das cadeias de suprimento na percepção do industrial. De acordo com a pesquisa, o indicador subiu em 14...

Ministro da Defesa destaca importância da BIDS em SC

O Ministro da Defesa, Paulo Sergio Nogueira de Oliveira, participou, nesta quinta-feira (19), da abertura da 2ª SC Expo Defense que acontece em Florianópolis (SC). A iniciativa promove o fortalecimento da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS), estimula o...

Safran desenvolve com a ATR tecnologia que analisa pousos duros

A Safran Landing Systems, empresa que atua em sistemas de pouso e frenagem, desenvolve com a ATR uma nova tecnologia que permitirá a análise de “pousos duros”. Desta forma, será possível pode acelerar o processo de manutenção das aeronaves. As informações são da Aero...

O  Terceiro Esquadrão de Transporte Aéreo (3º ETA) voltou a operar, no dia 11 de janeiro, na Base Aérea do Galeão (BAGL), no Rio de Janeiro (RJ). Criado em 1969, o chamado Esquadrão Pioneiro, que desde 2017 atuava na Base de Santa Cruz (BASC), possui mais de 312 mil horas de voo realizando missões de transporte e lançamento de cargas e paraquedistas, além de prestar apoio no deslocamento de órgãos para transplantes, nas regiões Sul e Sudeste do País.

A solenidade que marcou a transferência do Esquadrão foi presidida pelo Comandante da Guarnição de Aeronáutica do Galeão (GUARNAE-GL), Major-Brigadeiro do Ar Fernando César da Costa e Silva Braga, que foi recebido pelo comandante da Base Aérea do Galeão, Coronel Aviador Renato Alves de Oliveira. A cerimônia também contou com a presença de Comandantes, Chefes e Diretores de diversas Organizações Militares.

O Coronel Alves destacou, em discurso, a vocação pioneira do Esquadrão e sua importância para o cumprimento da missão da Força Aérea Brasileira. “Com histórico de pioneirismo e a despeito das mudanças recentes, uma certeza podemos ter, que o Terceiro Esquadrão de Transporte Aéreo continuará a cumprir, com a tradicional eficiência, sua missão nos rincões de Norte a Sul deste País continental, com a capilaridade característica de seus vetores e com a elevada motivação de seus jovens pilotos, contribuindo, de maneira relevante, para a manutenção da soberania do espaço aéreo brasileiro e, principalmente, para a integração do território nacional, com vistas à defesa da Pátria”, declarou.

O efetivo do 3º ETA chegou à BAGL nas aeronaves C-95 Bandeirante e C-97 Brasília, que mobiliou o esquadrão por 20 anos e, agora, voltou a compor o seu acervo. A tropa foi apresentada pelo Tenente-Coronel Aviador Felipe Moreira Faulhaber e, em seguida, as autoridades realizaram o descerramento da placa do Terceiro Esquadrão de Transporte Aéreo. O Major-Brigadeiro Braga explicou os motivos que levaram à transferência do Esquadrão Pioneiro e destacou os benefícios da mudança, especialmente no que se refere à mobilidade.

“A reintegração do 3º ETA à Base Aérea do Galeão foi uma decisão, após uma análise criteriosa, do nosso alto comando, e eu vejo dois ganhos principais. Primeiro na parte de mobilidade. As principais missões de transporte de tropa decolam aqui do Galeão. Segundo porque o esquadrão tem característica de receber pilotos mais jovens, para os quais será uma oportunidade de conviver com os mais experientes do transporte de tropa. Poderão traçar uma carreira e almejar compor esses esquadrões no futuro”, comentou o Oficial-General.

Para o Tenente-Coronel Felipe, a nova localização beneficiará as missões de natureza médica realizadas pelo esquadrão. “Instalados na Base Aérea do Galeão estamos mais próximos das unidades de saúde que fazem missões conosco. Então, para executar missões aeromédicas, missões de transporte de órgãos e de ajuda humanitária, essa localização é muito positiva”, avaliou.

Só nos últimos quatro anos, o 3º ETA realizou mais de 2.400 missões, voando aproximadamente 11 mil horas e transportando 116 órgãos.

Fotos: Fabio Maciel / DECEA
Vídeo: DECEA

Translate»