M
Logo Portal da BIDS

© 2021 CityPubli

Logo Portal da BIDS
Logo Portal da BIDS

NOTÍCIAS

AVIBRAS celebra 60 anos de história e conquistas

A Avibras deu início às celebrações de seus 60 anos de história, comemorados em 2021. A empresa divulgou vídeo e livro comemorativos em alusão à data. Fundada em 1961 por um grupo de engenheiros do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), entre eles, o engenheiro...

Nuclep endossa evolução do Programa Nuclear da Marinha

A Nuclep integrou comitiva que acompanha as atividades do Programa Nuclear da Marinha do Brasil. As atividades dão sequência à visita do diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Mariano Grossi, às instalações brasileiras. O presidente...

Parceria entre Forças Armadas e BIDS é destaque em plenária da ABIMDE

A forte aproximação entre as Forças Armadas e as empresas da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS) foi o tema central da plenária mensal da ABIMDE, realizada na tarde desta quinta-feira (22). No evento, os convidados destacaram o papel da entidade para...

Aeroporto Santos Dumont conta com novos procedimentos de saída

Os usuários do Aeroporto Santos Dumont (SDU), no Rio de Janeiro (RJ), têm um motivo especial para comemorar. Isso porque foram publicados e disponibilizados, no dia 15/07, os Procedimentos de Saída por Instrumentos (SID, sigla em inglês de Standard Instrument...

Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia recebe o KC-390 da FAB

A Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia (BAeNSPA) recebeu, pela primeira vez, a aeronave KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), no Aeródromo Tenente Jorge Henrique Möller, no dia 21 de julho. O KC-390 realizará lançamento de paraquedistas em apoio ao...

Exposição comemora 70 anos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)

O Parque Vicentina Aranha, em São José dos Campos (SP), exibe, até março de 2022, a Exposição “Asas para que te quero”, em comemoração aos 70 anos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A mostra reúne imagens e objetos da escola ao longo de sua história, de...

ABIMDE Contra a Fome

A ABIMDE - Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança - lançou uma campanha com o intuito de arrecadar cestas básicas e agasalhos para famílias carentes, que serão entregues no dia 7 de agosto em Osasco (SP). Intitulada ABIMDE Contra a...

PASEO XLR da Safran vai equipar Fragatas da Classe Tamandaré

O visor optrônico Paseo XLR (eXtra Long Range) da Safran foi selecionado pelo consórcio Águas Azuis para equipar as fragatas brasileiras Tamandaré. O Paseo XLR incorpora os módulos dos sistemas optrônicos embarcados Euroflir, particularmente seus sensores de alta...

Parque Tecnológico ganha nova diretoria

Em reunião com o Conselho de Administração, a Associação Parque Tecnológico de São José dos Campos definiu a nova diretoria do PqTec São José dos Campos, que assumiu o mandato em julho. Marco Antonio Raupp deixa a diretoria-geral, agora ocupada por Marcelo Nunes, que...

Finep financia máscara inovadora em tecido de cobre para combate à Covid 19

Em mais uma ação de combate à Covid-19, a Finep - Inovação e Pesquisa, empresa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), investiu R$ 300 mil, em recursos não reembolsáveis do Fundo nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), no...

No último dia 25, a Missão Amazonia 1 foi aprovada em sua Revisão de Comissionamento e considerada apta para entrar em operação de rotina e distribuir para a sociedade imagens do Brasil e do mundo.

O projeto é coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE/MCTI), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB/MCTI). O Grupo Akaer, por meio da Equatorial Sistemas e da Opto Space & Defense, tem ampla participação no desenvolvimento e análises do equipamento.

Todos os sistemas e funcionalidades do satélite Amazonia 1 foram verificados e tiveram seu desempenho aprovado. O Centro de Controle do satélite, no INPE, unidade de pesquisa vinculada ao MCTI, em São José dos Campos – SP, integrante do Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (SINDAE), executou todas as operações das órbitas iniciais e da fase de comissionamento e está pronto para entrar em operação de rotina. O sistema de recepção, processamento e distribuição de imagens realizou todas as tarefas previstas para a câmera imageadora (que realiza o sensoriamento óptico da superfície da Terra) e os outros sistemas da carga útil e está pronto para a fase de utilização operacional do satélite.

O satélite Amazonia 1, primeiro satélite de sensoriamento remoto baseado na Plataforma Multimissão – PMM, opera normalmente e teve sua funcionalidade validada em órbita. Todos os sistemas de solo, para controle do satélite e produção das imagens, também operam normalmente e estão aprovados para a fase de utilização.

Este dia representa um grande marco para o Programa Espacial Brasileiro, com os dois grandes objetivos da Missão Amazonia 1 atendidos: a missão entra em sua fase operacional, cumprindo um dos objetivos da Missão Espacial Brasileira, estabelecida há 41 anos; e a validação em voo da PMM, cumprindo um segundo objetivo de décadas, num esforço conjunto do INPE e da AEB. Com essa validação, futuras missões que possam ser atendidas por essa plataforma poderão se beneficiar de sua herança de voo, com menores esforços e prazos de desenvolvimento e, portanto, com menor investimento.

O Brasil pode, agora, afirmar que domina o ciclo completo do desenvolvimento de satélites estabilizados em três eixos. E o amplo leque de produtos nacionais nessa missão abre perspectivas reais para nossa indústria competir, internacionalmente, no mercado espacial.

Imagens

A recepção no Brasil das primeiras imagens do satélite Amazonia 1 ocorreu em 3 de março de 2021. Após dois dias de testes com todos os subsistemas do satélite, a câmera WFI do Amazonia 1 foi ligada sobre o Brasil nas duas passagens diurnas. A primeira passagem, mais a leste, teve início às 9:57:27 e término às 10:08:27, horário local de Brasília, e foi recebida com sucesso pelas estações terrenas do INPE em Cuiabá e em Cachoeira Paulista.

A segunda passagem, mais a oeste, teve início às 11:35:27 e término às 11:47:57, horário local de Brasília, e foi recebida com sucesso pela estação terrena do INPE em Cuiabá. As estações terrenas do INPE receberam e gravaram os dados brutos da câmera WFI, que foram processados em São José dos Campos e em Cachoeira Paulista, SP.

O Amazonia 1 foi lançado na madrugada do dia 28 de fevereiro e o seu sucesso significa para o Brasil ter capacidade e autonomia em um setor altamente complexo da ciência e tecnologia.

Confira todas as novidades das empresas da BIDS

Fique informado sobre as ações das nossas Forças Armadas e de segurança

 

Translate»